Olympiastadion (Estádio Olímpico)

  • SumoMe

O estádio olímpico de Berlim, que tem capacidade para mais de 74 mil pessoas, sedia grandes eventos tanto esportivos como shows e apresentações. Foi aqui que, em 09 de julho,  aconteceu a final da Copa do Mundo de 2006, quando a Itália venceu a França nos pênaltis. E ele é o estádio do Hertha BSC, o principal time de Berlim – sendo a pista em volta do gramado na cor azul, a cor do Hertha.

O estádio olímpico é aberto à visitação, há diferentes tipos de visita guiada que variam de 60 a 120 minutos. Nestes tours o visitante tem acesso/é levado para áreas que geralmente ficam fechadas ao público, como os vestiários, as salas VIP, etc. Entretanto a maior parte destes tours são oferecidos somente em alemão. Para saber mais sobre estas visitas e ver as datas/horários disponíveis em inglês, clique aqui.

Colunas lapidadas com modalidades atléticas e nomes de ganhadores olímpicos decoram a área externa

Mas você também pode visitar o estádio por conta própria, o que já é muito intessante. Em vários pontos das áreas externas do estádio há painéis que contam detalhes e fatos relevantes. Um áudio-guide pode ser alugado.

Além do majestoso estádio, você pode subir na torre do sino (de elevador!!), que tem um pouco mais de 77 metros de altura e de onde se tem uma bela vista do estádio e imediações. No prédio da torre tem ainda uma exposição, em forma de painéis e filmes, sobre a história e fatos importantes relacionados ao estádio. A torre do sino fica a uns 15 minutos de caminhada do estádio.

A torre do sino

E sendo a casa do Hertha BSC, é claro que lá tem uma loja com artigos para os fãs do time ou para quem quiser levar uma lembrancinha do Hertha para casa.

Os horários abertos à visitação variam de mês para mês:
De 20 de março a 31 de maio / De 16 de setembro a 31 de outubro: das 9 às 19:00hs
De 01 de junho a 15 de setembro: das 9 às 20hs
De 01 de novembro a 19 de março: das 10 às 18hs

Além disto, nos dias que tiver algum evento, o estádio ficha fechado à visitação. Portanto, confira nesta página se há algum aviso que o estádio estará fechado na data que pretende ir.

O estádio olímpico de Berlim é uma atração tanto amantes de esportes quanto de história – veja abaixo um pouco da sua história.

O estádio e imediações vistos da torre do sino

Um pouco de história e curiosidades do estádio olímpico de Berlim:

Projetado pelo arquiteto Werner March, o estádio olímpico foi construído entre 1934 e 1936 para as Olimpíadas de 1936.  Neste período a Alemanha estava vivendo a era nazista, que aproveitaram os jogos olímpicos para fazer propaganda do regime político.

A Alemanha foi escolhida para sediar os jogos em 1931, dois anos antes dos nazistas chegarem ao poder. Na verdade Berlim já deveria ter sediado as Olimpíadas de 1916, que por causa da 1º Guerra Mundial foi cancelada. A brutalidade do regime nazista, com seus campos de concentração para onde eram mandados (e em muitos casos assassinados) os opositores do regime, assim como sua política anti-semitista e de perseguição aos judeus virou alvo de críticas internacionais. Com isto questionou-se se os jogos olímpicos deveriam acontecer mesmo na Alemanha. Houve ameaças de boicote, principalmente dos Estados Unidos, mas também da Inglaterra, França e Holanda.

O sino original (com símbolo da suástica) que foi substituído por um outro na torre

Hitler e o ministro da propaganda, Joseph Goebbels, viram nas Olimpíadas uma chance de melhorar internacionalmente a imagem do país e mostrar ao mundo que o regime era bom. Assim, a população foi convocada, através de jornais, para serem gentis e simpáticos com os visitantes e durante os jogos as constantes campanhas de boicote aos judeus foram suspensas: cartazes que, por exemplo, proibiam judeus de sentar em bancos ou pendurados em estabelecimentos que dizia que judeus não eram bem-vindos foram retirados. Além disto alguns atletas de descendência judaica foram incluídos na delegação alemã.

E foi nas Olimpíadas de 1936 em Berlim que se se iniciou a tradição de carregar a tocha olímpica da cidade de Olímpia, na Grécia, até o local que sedia os jogos. A idéia foi de Carl Diem, o chefe do comitê organizador alemão.

Onde a tocha olímpica foi acessa

A Alemanha foi o país que mais ganhou medalhas de ouro, 33 no total – os Estados Unidos ficaram em segundo lugar com 24 medalhas. Entretanto a estrela dos jogos acabou sendo um negro, o americano Jesse Owens que ganhou 4 medalhas de ouro, um novo record. Ele ganhou nos 100 e 200m rasos, no revezamento 4×100 metros e ainda ganhou do atleta alemão Luz Long no salto em distância.

Preço: Clique aqui para ver

Endereço: Olympischer Platz 3 – Charlottenburg – 14053

Como Chegar:
U-Bahn: Linhas U2, estação Olympia-Stadion

Atrações Próximas:  Palácio de Charlottenburg

Comentários - Facebook

Deixe seu comentário

*