Neue Synagoge (Nova Sinagoga)

  • SumoMe

Nova Sinagoga em Berlim

A Neue Synagoge ou Nova Sinagoga, localizada na Oranienburger Strasse, tem um grande significado e importância na história dos judeus em Berlim e, juntamente com o Museu Judaico e o Memorial do Holocausto, é também um dos principais marcos judaicos na cidade. O prédio, com suas torres e cúpula com detalhes em dourado que podem ser avistadas de longe, é também uma das construções mais bonitas da cidade.

Na metade do século XIX a comunidade judaica havia crescido bastante em Berlim e a sinagoga existente, na rua Heidereutergasse (perto do Hackescher Markt) tornou-se pequena, não atendendo mais às necessidades da comunidade. Com isto iniciou-se a construção em 1859 de uma nova sinagoga no terreno que a comunidade havia adquirido na rua Oranienburger Straße – uma área que era habitada por muitos judeus. A Nova Sinagoga foi projetada em estilo mourisco-bizantino pelo arquiteto Eduard Knoblauch, que se inspirou na Alhambra de Granada, na Espanha. Entretanto Eduard Knoblauch faleceu antes da construção ser terminada e August Stüler continuou o trabalho.  Quando a Nova Sinagoga foi inaugurada em setembro de 1866, ela era a maior sinagoga da Alemanha com 3.200 lugares.  Com a Nova Sinagoga também foram introduzidas novas práticas e ritos religiosos,  sendo que um órgão de tubos foi instalado na sinagoga e era utilizado durante os servicos religiosos, assim como um coro.  Também passou a ter servicos religiosos em alemão. Estas reformas faziam parte do processo de integração da comunidade judaica em Berlim.

Na noite de 9 para 10 de novembro de 1938, conhecida como Novemberpogrome ou também Kristallnacht (Noite dos Cristais), a Nova Sinagoga foi invadida e incendiada por nazistas. Contudo policiais conseguiram dispersar os nazistas e chamar os bombeiros, que puderam apagar o fogo evitando assim que a sinagoga fosse completamente destruída. Depois a sinagoga voltou a funcionar, mas somente até 1940 quando o prédio foi confiscado pelos nazistas. Infelizmente, em 1943 durante a Segunda Guerra Mundial ataques aéreos dos aliados danificaram seriamente a sinagoga. Em 1958, as ruínas da Nova Sinagoga, que havia ficado no setor soviético, foram demolidas para evitar que desmoronassem.  Somente a fachada principal foi mantida como um memorial contra a guerra e o fascismo. Em 1988 iniciou-se a reconstrução da sinagoga e em maio de 1995 foi reaberta como Centrum Judaicum.

Hoje em dia, a Nova Sinagoga funciona principalmente como um museu, com uma exibição permanente que mostra fragmentos da construção original e artigos da decoração interior que foram recuperados das ruínas. Diversos documentos mostram também como era a vida dos judeus nesta época em Berlim. Visitantes em uma visita guiada podem entrar na área atrás das partes restauradas, onde se pode ter uma idéia da dimensão do salão principal da sinagoga antes da destruição.

Os horários de funcionamento da Nova Sinagoga são:
Nos meses de abril a setembro: Das 10:00 às 20:00hs aos domingos e segunda-feira, das 10:00 às 18:00hs de terça a quinta-feira e na sexta-feira das 10:00 às 17:00hs. Em março e outubro os horários de funcionamento são os mesmos com exceção das sextas-feiras, quando a sinagoga fecha às 14:00hs.

Nos meses de novembro a fevereiro: Das 10:00 às 18:00hs de domingo a quinta-feira e nas sexta-feiras das 10:00 às 14:00hs. Exceção: No dia 1o. de janeiro a sinagoga abre somente a partir das 12:00hs.

A Nova Sinagoga fica fechada aos sábados, no dia 25 de dezembro (Natal) e no feriado judeu Yom Kippur.

Preço: Clique aqui para ver

Endereço: Oranienburger Strasse 28-30, 10117 Berlim

Como Chegar:
S-Bahn: Linhas S1, S2, S25, estação Oranienburger Strasse
U-Bahn: Linha U6, estação  Oranienburger Tor
Bonde: Linha M1, parada S Oranienburger Strasse

Atrações Próximas:  Ilha do Museus, Hackesche Höfe, Neue Wache, Museu Histórico Alemão, Catedral de Berlim, Altes Museum, Neues Museum, Alte Nationalgalerie, Museu Pergamon, Bode-Museum, Auguststraße

Comentários - Facebook

Deixe seu comentário

*